sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

ELA

Ela tem sonhos adolescentes que se perderam no tempo,
Canções que ecoaram por mais tempo do que se podia pensar.
Corre por labirintos sem paredes
E ainda não se encontra diante de tudo o que há.

Um tempo por um beijo,
Um beijo por alguns momentos.
Razão que a insanidade justifica
Em cores que não brilham.

Um jeito suave, uma voz doce.
Ela descobre sobre si própria menos do que gostaria
E percebe que a vida será pouco pra se entender tanto.
Em um mundo onde todos estão tentando apenas o melhor pra si.

Um amor perdido,
Um amor roubado,
Um coração partido,
Desejos insanos.

Gritos soam longe mesmo silenciosos.
Barreiras que se espatifam, mas permanecem intactas
Lógica que não se explica
Tempo que não se mede.

Mais um copo... Um outro sabor.
Mais uma dose... Da mesma bebida.
Um outro dia para um mesmo sentimento
Um mesmo sentimento para um outro momento.

Riva Moutinho, 03/03/2014

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...