domingo, 12 de junho de 2011

VERDES CINZAS

Rajadas de ventos propagam o fogo
Florestas em cinzas. Agora já era.
Animais em fuga. Extinção.
Ecos da mesma repetição.

Salvem o planeta!

Um brinde a radioatividade.
Bilhões que gastam em troca da vida.
Esse é o capitalismo
Dos vigaristas que assentam na vaidade.

Salvem a Terra!

Pessoas matam pessoas
Escolhendo à guerra ao diálogo.
Sangue negro que escorre
Pelas veias viciadas do poder.

Salvem a próxima geração!

Não há proteção ao meio
Apenas o lucro do ambiente.
Que converte consciência em indecência
E estupidez em paralisia.

Salvem essa droga!

Pouco importa quem são os inocentes
Todos os lados vão se ferrar.
E talvez, na aridez futura
Entendam que é preciso cuidar pra depois florescer.

Riva Moutinho 06/06/2011

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...