sábado, 11 de junho de 2011

Teatro em BH: Comi uma galinha e tô pagando o pato

A história real de um paraibano que roubou uma galinha e ficou preso por um ano e seis meses serviu de inspiração para o ator Carlos Nunes escrever a comédia "Comi uma galinha e tô pagando o pato", montagem que volta ao Teatro Alterosa. O espetáculo marca a apresentação de um roteiro inédito do ator, após 10 anos. O texto foi desenvolvido durante dois anos e conta com a colaboração de Nazir Milaheb, direção de Fernando Couto e o ator Hudsonn Moreira também está em cena.

Sinopse:
No palco, Carlos Nunes interpreta o presidiário José Antônio, narrando, com muito humor e pitadas de ironia, como foi parar na prisão após roubar a galinha de estimação da filha de um deputado. O humilde desempregado, que foi criado obedecendo às leis divinas e que aprendeu com a mãe que "a inducação, a honestidade e a personalidade vem do berço", fica sem entender porque um crime tão simples, cometido apenas para livrar a família da fome, o deixou tanto tempo atrás das grades.

Ele divaga com seu advogado sobre crimes tão mais sérios que ficam impunes e situações reais que mereciam mais atenção, como a pobreza (...) "um aglomerado tão carente que eles estão roubando até curativo de machucado" (...); as falhas na educação "como pode, um pobre que nem eu, que nem tem dinheiro para comprar uma galinha, pagar um curso superior?"; como a saúde "o Ministério da Saúde já está advertindo: ficar doente é prejudicial à saúde".


O preso ainda convive com o medo do deputado conseguir aprovar o projeto de lei que institui a galinha como um animal sagrado, tal qual a vaca é na Índia. O salário dos aposentados, a atuação da polícia, a impunidade e liberdade parlamentar, os direitos garantidos a todo cidadão pela Constituição Brasileira, dentre outros temas são citados com muita irreverência, até que é chegado o dia do julgamento.


INFORMAÇÕES

Período: 24 a 26 de junho de 2011
Horários: Sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h

Duração: 80 min
Classificação etária: 14 anos

Ingressos:
R$ 12,00 - Posto do Sinparc

Ingressos à venda também na bilheteria do Teatro Alterosa, que funciona de terça-feira a domingo, de 12h às 19h30
R$ 30,00 - Preço efetivo
R$ 15,00 - Meia-entrada para estudantes, menores de 21 anos, maiores de 60 anos e categorias devidamente identificadas

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...