quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

TODAS AS NOITES


Essa noite tudo pode acontecer
Basta fechar os olhos e deixar rolar.
Carros passam sem deixarem marcas,
Talvez eu me esqueça de tudo que prometi.

Hoje a noite não temos regras
Vários olhares em taças de tentação.
O dia amanhece e mostra caras que nunca vi.
Máscaras que no sol parecem reais.

Ouço histórias que não preciso acreditar,
Meros disfarces de desejos escondidos.
Conto histórias reais fictícias,
Talvez eu queira mais do que até hoje encontrei.

Em uma noite tudo pode acontecer
Ver as estrelas no mar,
Deixar a música tocar.
A melhor decência é não ter decência alguma.

Sonhos tortos em realidades virtuais.
São tantas caras que me confundo.
Se te conheci, desculpe por não lembrar.
Conte alguma história agora e esqueça o resto.

Essa noite vai passar como tantas outras
A escuridão se dissipará.
E outra noite será meu abrigo
E esse abrigo, esconderijo.

Mas tente apenas ser o seu desejo mais intenso.

Riva Moutinho 08/02/2011

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...