quinta-feira, 21 de outubro de 2010

IMAGINE


Imagine que você possa escolher um caminho que não escolheu
E, por este caminho, você carregue as experiências do caminho o qual está.
Uma segunda chance pra tentar acertar
Uma segunda chance pra tentar entender a vida... ou refazê-la.

Imagine que a linha do horizonte é tão próxima que você consegue tocá-la.
Que um sonho tão desejado possa simplesmente se realizar
E que a felicidade possa não apenas se apresentar, mas se hospedar
E o significado real da vida receba de você a atenção que nunca mereceu.

Imagine a boca que beija o seu pescoço
Que os braços que cobrem o seu ombro te protegem como nunca antes
E a brisa que refresca as tardes de verão acalenta o coração
E enxuga as lágrimas que a ausência causou.

Imagine que a distância é tão curta quanto um passo
E o passo é tão simples quanto o respirar.
As tempestades se foram e o que te faz feliz está ali
As noites frias receberam a lareira de um desejo.

Imagine que ao fechar os olhos neste momento
Seu beijo pudesse alcançar o inacessível
E suas mãos pudessem tocar o antes longínquo
E uma respiração pudesse ser sentida como se fosse a sua.

Imagine que o tempo pudesse voltar apenas uma vez
E você soubesse desta vez, qual a escolha a fazer
E pudesse cantar para todo mundo ouvir.
Sentindo a liberdade que um dia acreditou existir.

Imagine por uma noite, por uma garrafa, por um CD
Imagine por um instante, por uma estrada, por um fechar de olhos
Em algum destes momentos imaginaremos juntos
E uma mágica brilhará com a intensidade de um nascer do sol.

Vou lhe contar mentiras e você apenas rirá
Vou lhe contar desejos e você apenas desejará comigo
Vamos nos mostrar do que somos feitos
E neste momento uma flor diferente brotará no universo.

Riva Moutinho 11/10/2010

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...