sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

MOMENTO


Você prepara uma bebida
Enquanto ela, desinibida, mostra suas pernas sobre o sofá
Talvez, ambos queiram a mesma coisa.
Um som suave, uma luz a meio tom
Olhares falam mais que quaisquer palavras juntas
E o silêncio cala as frases.

Ela desliga o som
Coloca o copo sobre a mesa
Envolve sua cintura com as mãos dela.
Batom vermelho... cabelos pretos...
Ela estava em todos os seus sonhos.

Um beijo ardente entre línguas...
O desejo é tão pequeno quanto o universo.
Ninguém consegue explicar o tempo
Mas de qualquer maneira, hoje, o destino o contrariou.

Ela sente o seu toque... o cheiro
Você se embriaga... se vicia... e por que parar?
Se o sol mandar embora este veneno, então, é melhor morrer nesta noite.

Nem toda razão explica os sentimentos
Então é melhor não tentar entender o que os envolve.

Afinal, pra que explicar tudo o que se sente?

Riva Moutinho 18/01/2010

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...