quarta-feira, 10 de setembro de 2008

SEM DONO


Eu não estou preso a você
Nem pense em tentar me prender.
Você não sabe do que sou capaz
Veja o que há e olhe pra trás.

Ninguém é dono de ninguém
Parece que você não entende.
Tente seguir os meus passos
E já sei onde isso terminará.

Gosto de ser o que sou
Gosto de falar o que penso
Gosto de ficar no meu canto
Gosto de estar onde estou.

Não faça promessas tolas
Estas já não convencem mais.
Não chore estas lágrimas
Estas já não me incomodam mais.

Tente descobrir quem eu sou
Se me colocam numa cela eu fico louco.
Não procure me entender
Dentre todos os males este é o pior.

Mas não me abandone
Apenas não me sufoque.
Posso estar em todos os lugares
Mas continuo sendo um.

Sou o princípio de algum fim.

BH 14/08/2008

1 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...