sexta-feira, 19 de setembro de 2008

...MAS NÃO ME DIGA NADA


Se eu fechar os olhos
Sentirei sua respiração em mim
E todo aquele desejo que emana pelos poros
E toda esta loucura que excede a sensatez.

Por que ainda não consegui aquelas respostas?
Fiz o mundo ser complicado demais
E, pra variar, mais uma vez.
Quando vou aprender?

Eu quis viver pelo único caminho real que havia
Mas o que adiantou?
O fruto proibido é a chave do pecado,
E mais uma vez o Éden foi violado.

Me perdoe se a razão me coordena às vezes
Ela também me enlouquece.
Nem a razão explica todas as disfunções que faz mal ao coração
E nem toda emoção sustenta o que faz bem ao coração.

Se eu fechar os olhos
Posso me perder.
Então permita-me ficar deste lado de cá
Onde os minutos irão correr.

Se eu disser que a fotografia
Poderia ser congelada no tempo
Ainda não conseguiria expressar
O que o destino separou.

Mas não me diga nada...
Estou querendo apenas resgatar algum instante.

BH 30/08/2008

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...