segunda-feira, 30 de abril de 2007

SEM INTENÇÃO



Passos sem direção
Mente sem compreensão
Pensamentos que surgem e desaparecem
Caminhos que marcam pretensiosamente

Beba, o tanto que sua cabeça não agüentar
Cambaleie... caia
Trague o tanto que seu pulmão escureça
Enlouqueça... saia de órbita

Amanhã os problemas voltam a ser seus
E sua cara de otário frente a algum espelho
Sua ressaca moral, sua falta de objetividade
Entregue-se, se achar que desistir é algo aceitável

Até quando sua cabeça precisa abalar o muro?
Até quando seu olhar perdido vai permanecer assim?
Pare de lamentar o que já era
É hora de conquistar sua auto-estima, seu bom senso

Lembre-se que sua vida é única mas seus problemas não
Não crie mais fantasmas
Se a droga que se droga drogá-lo, hoje poderá ser seu último dia
Quando esse efeito passageiro passar... crash boom bang!!!

Bem vindo ao mundo que você tinha deixado
E tudo permanece igual, nada de novo
A não ser sua péssima fisionomia

Ao ouvir a palavra vida, lembre-se de lucidez
Ao sentir o alívio irresponsável ou a alegria destruidora
Lembre-se que Jesus te dá muito mais
Inclusive novos sonhos.

30/04/2002

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...