terça-feira, 19 de agosto de 2008

AS INCOERÊNCIAS DO BISPO

Não sou um telespectador dos canais abertos, até porque o que tem faltado de qualidade em tais canais é algo que impressiona. Assim, quando assisto TV (e isto é raro), gasto meu tempo pelos canais pagos como Discovery, The History, Band News, Rede Tele Cine, Multishow, além de outros que possuem séries muito boas como Lost, CSI, Criminal Minds.

Esta semana estava assistindo aos jogos olímpicos na TV do meu quarto (onde ainda não possui TV a cabo) e decidi navegar pelos canais abertos durante a madrugada. Não é surpresa nenhuma a quantidade de programas religiosos neste horário, mas algo me chamou a atenção. Na recém criada Record News passava uma reportagem sobre pedofilia e um pedófilo contava sua história (sem mostrar seu rosto), como sentia prazer naquilo e como se reconheceu como doente indo, por conta própria, para uma clínica se tratar. Passado algum tempo ele se sentia curado e pronto a ter uma vida sexual normal com mulheres, ao invés de crianças. E assim foram algumas reportagens. Casos de recuperação, casos de prisão, casos de pessoas procuradas.

Continuei navegando pelos canais até chegar a TV Record, onde o programa da Universal inunda toda a madrugada com propagandas das maravilhas que acontecessem com aqueles que freqüentam ou visitam a Igreja Universal do Reino de Deus.

Creio que não seria necessário comentar, mas ambos os canais de TV são de propriedade do conhecido Bispo Edir Macedo, que por sua vez é o presidente da Igreja Universal. Ou seja, no final tudo está no controle de uma única pessoa. No entanto parece não existir coerência entre o que mostra a TV Record, a Record News e a Igreja Universal do Reino de Deus.

É amplamente conhecido que a Universal trata muitos assuntos como sendo “obra do diabo” e neste pacote estão desemprego, alcoolismo, tabagismo, depressão, pedofilia, prostituição... e por aí vai. Os chamados “Cultos de Libertação” da Igreja Universal visam libertar as pessoas destes males através da chamada “Sessão do Descarrego”. Quem conhece uma Igreja Universal entende perfeitamente o que digo aqui.

E foi pensando em todas estas verdades-fatos que fui buscando alguma coerência no Sr. Edir Macedo.

A fim de ganhar audiência a TV Record contratou muitos artistas e funcionários “globais” (da TV Globo) e lançaram novelas com custos altíssimos, além de lançar uma canal exclusivo de jornalismo, a Record News, em rede aberta contrariando até mesmo as leis do país (mas não vamos abordar este tema aqui).

Sinceramente nunca gostei de novela e nem tenho paciência para acompanhar uma, pois para mim seria uma violência contra os meus neurônios. E nem preciso assistir uma para saber que nas estórias há traições, separações, vingança, ódio, assassinatos... enfim todos os ingredientes que atraem mais audiência.

Em meio a tudo isto pergunto-me novamente que coerência há na mente do Sr. Edir Macedo entre os seus canais de TV e sua Igreja?

Nos programas da Igreja Universal exibidos na TV Record, traição, por exemplo, é tratado como um “encosto” (inclusive tem até novelinha para representar o que eles querem dizer) e, portanto é necessário a pessoa ir a Igreja passar por uma “Sessão do Descarrego” ou receber algum brinde-religioso-ungido. No entanto a mesma TV Record exibe novelas em que as traições acontecem, mas os personagens envolvidos nestas tramas não vão a algum templo da Universal se “tratarem”.

Voltemos ao caso do pedófilo assumido e que buscou tratamento. Como pode a Record News exibir tal reportagem demonstrando claramente que tal caso pode ser um problema psiquiátrico se na Igreja Universal trataria o mesmo problema como uma possessão demoníaca?

Depois destes exemplos, vários outros poderiam ser citados daqui pra frente e que envolveriam drogas, alcoolismo, prostituição... enfim tudo o que os canais da Record (TV Record e Record News) exibem como reportagem e criarmos um paralelo como a Igreja Universal trataria tais casos.

O sinistro disto tudo é que todas as três empresas são de uma mesma pessoa, o Sr. Edir Macedo. Para haver coerência o Sr. Macedo deveria abrir mão dos canais de TV... Mas aí como ele conseguiria vencer a TV Globo e estender seus tentáculos rumo ao objetivo de manipulação da massa? Então, Macedo poderia abrir mão da Igreja, mas como conseguiria manter os dois canais de TV, uma vez que são os pagamentos dos horários noturnos da Igreja Universal que lotam o caixa da Record.

Definitivamente, o ufanista Macedo, não poderia abrir mão de nada, a não ser da própria coerência e do bom senso. Afinal para ser coerente as novelas da Record teriam que ter um personagem “pastor da universal”, assim quando surgisse algum indício de traição, lá iria o personagem “pastor da universal” realizar um descarrego no personagem traidor. Ou no caso das reportagens, o repórter ao deparar como que com um pedófilo confesso, ao vivo, ele deveria chamar um pastor da Universal ou ligar para o “Disque Oração” para que o “encosto” fosse retirado do pedófilo em tratamento ou do alcoólatra internado, ou do ladrão pego em flagrante...
Assim, para demonstrar alguma coerência, Macedo precisaria abrir mão de algo, mostrar qual lado carrega a face da realidade-bom-senso, mas correria o inevitável risco de perder dinheiro, status e poder.

Por fim consigo apenas concluir que as “Record” e o gigantesco império religioso do Sr. Macedo servem apenas para confundir, demonstrando claramente que não há coerência, nem lógica, nem bom senso.

Afinal o que vale mesmo é agradar a gregos e troianos e receber os abundantes dividendos destes agrados.

BH 19/08/2008

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...