segunda-feira, 26 de março de 2007

DANÇA COM LOBOS – THE NEW GENERATION


“Geração vai e geração vem”, já dizia o livro de Eclesiastes. E ao observarmos o caminhar da humanidade, infelizmente, são poucas as coisas boas que permanecem.

Hoje há pessoas com autonomia pra fazer algo aqui na Terra preocupadas com os nossos recursos naturais, no entanto, foram gerações passadas que nos alertaram e nada, em absoluto, foi feito para que a situação fosse melhor nos dias de hoje.

E a cada geração que passa mais pobre se torna; a ponto de ficarmos consultando o passado para nos orgulhamos de pessoas criativas e inteligentes como Albert Einstein ou Freud, ou como guerreiros como Mather Luther King ou Mandela, ou criadores como Santos Dummont ou Graham Bell, rebeldes como Che Guevara, ou artistas como Michelangelo ou Da Vinci, ou poetas como Castro Alves ou Rui Barbosa, ou homens como David ou Paulo. Definitivamente as melhores jóias da humanidade parecem estarem presas nas lembranças de nossos passados.

A Nova Geração de “evangélicos” nasceram in-tubados na tosca Matrix Religiosa e, hoje, não conseguem ver um centímetro a frente de seus próprios narizes. São crentes que nasceram na onda do evangelho-embromation e seguem vivendo, sem nenhum tipo de despertamento para o que escrito está na Palavra.

É uma geração inteira trabalhando para que sua religião se torne a maior no seu país. É uma geração sem senso crítico, que caminha nas falácias de seus líderes e na sombra de um evangelho vazio e pai da Teologia da Prosperidade e da total falta de amor para com o seu próximo.

Esta geração atual desconhece as pessoas que no passado falavam de um Evangelho mais gracioso, mas que hoje, por causa do nível de Santidade-Fingida-Acumulada de seus líderes e do Show-da-Fé que se tornou o “ismo” “evangélico”, abortam qualquer idéia que seja proveniente destas pessoas.

São ovelhas dançando com lobos, arrotando santidade, maquiando as máscaras e sendo juízes de seu próximo sem um mínimo de consciência no Evangelho. É a geração do Ratinho-Gospel (sem querer ofender o apresentador Carlos Massa) que proliferou na TV na melhor imitação do mosquito Aedes em época de epidemia. É a geração do Silvio Santos da Fé (sem querer ofender o apresentador Silvio Santos) que diariamente, em horário nobre, faz o seu Show.

É a geração do capeta-encostado, da rosa-ungida, da água-benta-do-jordão, do trigo-da-prosperidade, do cajado-da-vitoria, dos rituais de óleos ungidos pela casa ou da reza do salmo 91 pra espantar espírito ruim, das palavras-positivas afim de trazer bênçãos, dos pagamentos de dízimos e ofertas como obediência a Deus mas que são usados para expansão do Reino-dos-homens-de-dEUs aqui na terra. São mandigas, crendices, superstições e um enorme vazio.

É a geração que protege seus líderes e re-criam a destrutiva guerra santa fundamentalista nos moldes brasileiros e gritam aos quatro ventos: “Renascer até morrer”, ainda que a justiça tenha provas de crimes contra eles.

É a geração que aprimorou a Síndrome de Perseguição, que já existia em gerações passadas: “A Globo é espírita e quer envergonhar o povo evangélico”.

Eles nasceram na placenta dos fariseus e, mesmo estando em Templos Religiosos, ainda não viveram o Doce Evangelho que Cristo estabeleceu ao se sacrificar e se amaldiçoar numa cruz.

Não estou aqui para julgar esta geração, mas para alertá-los. Por isso se você faz parte desta nova geração que dança com lobos, abra e leia a Bíblia. Mas a leia na orientação do único que é capaz de abrir seus olhos e libertar sua consciência: JESUS.

BH 26/03/2007

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...